ARTIGO - Investir em gente é melhor que Bitcoin

Se você lidera pessoas, é bom dominar 05 atitudes-chave para transformar sua equipe em um tesouro.

A razão pela qual nos dão uma equipe é fácil de entender: as organizações são estruturas formais, onde acionistas-investidores colocaram dinheiro e precisam ter alguma segurança de que o retorno virá. O investimento se converte em recursos que, através de processos próprios de cada empresa, serão transformados em algo que pode ser negociado e vendido com lucro. E aí está você e sua equipe, bem no meio da palavra “processos” sob o olhar atento de quem pôs dinheiro no negócio. A sua tarefa e de sua equipe é transformar os recursos em resultados, e isso pode ser feito de infinitas formas. A cobrança por melhores resultados é implacável. Para dar conta disso, além da sua própria energia e competência, você tem os recursos que foram colocados à sua disposição. Eles foram pagos com o dinheiro dos acionistas, e você terá que prestar contas, mostrando que cumpriu com a sua parte.

 

Os recursos não são iguais

 

Existem dois tipos de recursos: os que só desvalorizam e os que podem valorizar ou desvalorizar. Equipamentos (computadores, celulares, carros etc.) desvalorizam a partir do momento em que começamos a utilizá-los. Eles desgastam, perdem valor e ficam desatualizados. Na melhor hipótese, usando bem e mantendo adequadamente, você conseguirá desacelerar essa desvalorização. 

 

Já as pessoas que fazem parte da sua equipe, os recursos financeiros (caixa, giro etc), os processos, a marca e o prestígio da empresa no mercado (goodwill), a clientela e até a matéria-prima adquirida para a produção podem ganhar ou perder valor. O quanto você pode controlar isso depende da competência, da área que gerencia, a abrangência do seu cargo e do mercado em que sua empresa atua. 

 

Os acionistas sabem que sobre os recursos que só se deterioram não há muito o que fazer. Porém, sobre todos os outros, eles querem ver que você faça a diferença. Às vezes a sua posição e área de atuação não têm ação sobre a última linha de resultados, o lucro final que aparecerá no balanço, mas você pode fazer a diferença, criando valor de outra forma. 

 

Investindo em pessoas para gerar valor

 

Vamos imaginar que você seja um investidor e o recurso que tenha disponível seja apenas a sua capacidade de gestão. A rentabilidade que obterá desse investimento dependerá da sua habilidade para alocar seu tempo nas coisas mais importantes e que dão mais resultados. Também da habilidade de agir da forma mais adequada com cada recurso.

 

Apenas como exemplo, a ação sobre os recursos financeiros exige habilidades bem diferentes das requeridas para motivar, alinhar e treinar sua equipe. Mesmo sabendo que para cada tipo de trabalho existirá um composto de recursos, é fácil perceber como uma equipe engajada, alinhada e treinada impacta toda a equação:

 

  • Cuidam melhor do patrimônio da empresa

  • Colocam toda sua capacidade para buscar resultados 

  • Enfrentam os problemas com mais determinação

  • Confiam nos colegas e se comunicam com abertura 

  • Sentem-se mais à vontade para arriscar e pensar de forma criativa

  • Tratam bem os clientes e promovem o nome da empresa 

 

05 atitudes-chave para transformar sua equipe em um tesouro

 

A essa altura, acredito que já esteja claro porque o melhor investimento do seu tempo será treinando, desenvolvendo, motivando e alinhando seus colaboradores. Abaixo 05 atitudes-chave para uma multiplicar o valor da sua equipe:

 

1. Doe mais tempo às pessoas

A reação das pessoas quando doamos nosso tempo para elas é notável. Temos todos 24 horas para gastar por dia, não importa quem somos ou quanto dinheiro tempos. Por ser um recurso limitado, doá-lo é um presente que todos reconhecem. Cada pessoa, em cada momento de vida ou estágio de carreira tem alguma necessidade de ajuda, de falar sobre suas dificuldades. Uma boa parte do papel de liderança está em ajudar as pessoas a terem confiança em si mesmas e a desenvolverem seu potencial. E isso se faz conversando, olhando nos olhos e compreendendo sinceramente seus pontos de vista. Cuide apenas para passar tempo com elas ajudando-as, não virando uma sombra que controla tudo que elas fazem.

 

2. Descubra onde seus colaboradores brilham

Pessoas brilham quando fazem coisas para as quais têm talento. E todos nós temos algum. Se as pessoas estão em algum lugar onde não brilham, estão no lugar errado. Escolher as pessoas certas para cada função e dar o espaço adequado para que mostrem seu brilho é uma das melhores competências dos líderes. Bons líderes sabem aproveitar o que cada um tem de melhor. Sim, eles sabem que temos o lado “pior”, mas é aí que eles se destacam: eles não dão ênfase nisso. Se você adequar bem a pessoa à função que deve realizar, o brilho vai dar conta do recado. Ninguém é perfeito, mas 80% do trabalho estará com alguém motivado, feliz e comprometido, simplesmente por que brilhar é o que todos querem.

 

3. Explore as dúvidas como um cientista

As pessoas querem acertar, não errar. Elas querem se destacar, fazer um bom trabalho, garantir seu futuro e ter orgulho de si mesmas. Por isso, nos momentos de dúvida e insegurança, o que elas mais querem é alguém de confiança, com quem possam conversar, perguntar, duvidar, sem medo de demonstrar incompetência. Alguém que consiga apoiar, ajudá-las a sair daquela situação, ao invés de afunda-las mais. Líderes com habilidade de gestão de pessoas sabem que interessar-se sinceramente pelas pessoas, suas dúvidas, medos, inseguranças e opiniões, permite que elas mesmas encontrem seu caminho. Mas tem que ser o interesse genuíno, que gera o perguntar sincero, não aquele com segundas intenções, que leva uma crítica fantasiada de boa intenção.  Eu costumo associar isso ao trabalho do cientista, que está sempre tentando entender melhor aquilo que estuda, que aceita que estar errado é mais comum do que se pensa. Abrir espaço para conhecer os outros os faz ter coragem de fazer o mesmo, indo em frente e melhorando sempre. 

 

4. Dê espaço para experimentar (e errar)

O processo de crescimento e aprendizado precisa do erro. Quem não erra nunca tentou. Acertar de primeira é raríssimo. Bons líderes sabem se posicionar ao lado das pessoas para apoia-las, permitindo que tenham espaço para evoluir, assumir riscos, aprender com o erros, passo a passo. Imaginar que as pessoas vão evoluir sem errar é o mesmo que imaginar que crianças aprendem a andar de bicicleta sem levar alguns tombos. O que temos que fazer é encontrar a distância certa, para que elas aprendam a pedalar, equilibrar-se e melhorar a cada dia.

 

5. Ajude-as a prosperar 

Faz parte da natureza humana o desejo de crescer, prosperar e desenvolver-se. E isso pode acontecer de formas diferentes, dependendo da pessoa, seu estágio de vida e de carreira. Para alguns, prosperar é conquistar bens materiais, ser promovido e ganhar mais. Para outros levar seu trabalho à perfeição, sem que ninguém os incomode. Outros querem ter a experiência de comando, de relacionar-se com muita gente e sentir o trabalho sendo feito em conjunto. Descobrir isso é tarefa para líderes com olhos e ouvidos abertos, atentos, que conseguem juntar informações e construir o quebra-cabeças que cada pessoa representa, sem colocar nele seus próprios desejos. Entender o que cada pessoa imagina como sucesso, e ajuda-las a alcançar esse objetivo, as transforma em parceiros comprometidos, dedicados e inspirados, capazes de superar os desafios do dia a dia.

 

Os 05 pontos acima não são mágica. Eles crescem com nossa experiência como líderes e gestores de pessoas. E evoluem mais rápido quando compreendemos que investir tempo nas pessoas é melhor do que Bitcoin. Assim como o Dólar, a Libra e as Coroas Espanholas no passado, o Bitcoin é apenas um modelo monetário que está em evidência. Ele será superado e assimilado, encontrando seu equilíbrio. Ao contrário, a sua habilidade de investir em pessoas crescerá sempre, a cada nova competência que você dominar. E será um tesouro que o acompanhará por toda vida.

Marcelo Egéa

Sócio-Diretor

SerTotal - www.sertotal.com 

foto: Dave McBee - goodfreephotos.com

Este artigo é propriedade da SerTotal.
Você pode reproduzi-lo, desde que mencione a autoria e insira o endereço do nosso site.

São Paulo | Brasil 

2018 SerTotal